Veleiro é opção para conhecer Turquia e Grécia

Programa Eu Por Aí Veleiro pela Grécia e Turquia
Rosana Castoldi e Eduardo Gregori

No Programa Eu Por Aí, Eduardo Gregori entrevista, Rosana Castoldi, consultora de viagens da Costa Brava Viagens e Eventos, que fala do roteiro pela Grécia e Turquia no veleiro Star Flyer. Roteiro incluiu, além de Atenas, capital da Grécia, ilhas paradisíacas, visitas a lugares históricos e pitorescos.

 

Outros Posts

Turismo brasileiro deve crescer e gerar empregos

A Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (CLIA Brasil) promoveu esta semana em Brasília, na sede da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o seminário “Cruzeiros Marítimos: o momento é esse”, com o objetivo de debater o potencial e o desenvolvimento do setor de cruzeiros no país.

Na oportunidade, foram debatidos temas como a regulação do trabalho a bordo e o serviço de praticagem marítima, atividade baseada no conhecimento dos acidentes e pontos característicos em trechos da costa, baías, portos, estuários de rios, lagos, rios, terminais e canais onde há tráfego de navios.

Eleito pela segunda vez consecutiva pelo Fórum Econômico Mundial (WEF – sigla em inglês) como o país com maior atrativos turísticos em recursos naturais, de acordo com dados Ministério do Turismo, o Brasil ainda pode crescer muito no setor. “O turismo brasileiro pode gerar empregos rapidamente, basta que o governo saia à frente dos empresários”, afirmou o ministro do Turismo, Marx Beltrão (foto), que participou do encontro.

Segundo Beltrão, mesmo em um cenário de retração, o setor de cruzeiros marítimos “contribuiu com R$ 1,911 bilhão na economia brasileira na temporada 2015/2016”. O ponto alto foi observado na temporada 2010/2011, quando 20 navios transportaram pela costa brasileira cerca de 800 mil turistas. Para a alta temporada de 2017/2018, que começa em novembro, são esperados sete navios que transportarão 400 mil passageiros.

Para o ministro, o desenvolvimento de rotas de cruzeiros marítimos é um passo para o crescimento do turismo no Brasil. De acordo com ele, o setor cresce em média cerca de 4% ao ano, sendo que a média de crescimento mundial chega a 40%. Atualmente, 80 navios estão sendo construídos no mundo. A China tem 60 navios que fazem cruzeiros; a Austrália tem 36, enquanto o Brasil tem apenas sete.

“Nesta temporada, temos sete navios que geram em média 24 mil empregos. Se tivéssemos 20, como há oito anos, teríamos hoje cerca de 46 mil empregos num curto espaço de tempo. Nessa temporada, teremos cerca de 400 mil passageiros, se tivéssemos 20 navios, esse número ultrapassaria mais de um milhão” afirmou Beltrão.

Durante o seminário foram discutidos os principais pontos para fazer o setor crescer. Temas como o visto eletrônico para os turistas, transporte, portos e aeroportos foram abordados. “O visto eletrônico facilitará o processo burocrático para que os turistas façam cruzeiros pela costa brasileira. Países como Canadá, Estados Unidos, Japão, Austrália, Arábia Saudita e Catar já podem, a partir do próximo mês, conseguir seu visto eletrônico”, disse o ministro.

“Os cruzeiros marítimos estão com força total ao redor do mundo. Apenas para este ano são esperados 25,8 milhões de cruzeiristas. Países que há muito tempos não faziam parte desse segmento estão crescendo, caso da China e Austrália. No Brasil vários motivos levaram à retração do segmento: infraestrutura, impostos e regulações. E estamos aqui hoje para debater um caminho e retomar o crescimento”, afirmou o presidente do Conselho da Clia, Abremar, Rene Hermann, durante o evento.

Em maio deste ano, foi regulamentada a Lei da Migração, que definiu que os marítimos dos navios que circulam pelo Brasil não precisarão mais de vistos para exercer a sua atividade. A demanda antiga deverá ser regulamentada em novembro e representará uma redução de até R$ 500 mil no custo de cada navio.

Pesquisa

No Brasil. 88,8% da população é favorável ao estímulo do estado para criação de portos com capacidade para chegada de cruzeiros marítimos. O litoral tem 7,4 mil km, com grande potencial no que diz respeito aos cruzeiros marítimos. Os dados são resultado de uma pesquisa encomendada pelo Ministério do Turismo, que ouviu duas mil pessoas em todo o Brasil.

As regiões Sul e Nordeste se destacam no apoio à iniciativa: 91,2% e 90,6% respectivamente. Não à toa, são as regiões com maior potencial para ampliar o número de destinos que recebem os grandes navios. No Sudeste, a medida é apoiada por 89%, enquanto nas regiões Norte e Centro-Oeste a aprovação fica na casa dos 83,8%.

A pesquisa foi feita de 17 a 23 de março de 2017 pelo Instituto FSB Pesquisa. Foram ouvidas 2002 pessoas com mais de 16 anos em todas as regiões do país para avaliar a opinião da população brasileira acerca do turismo no Brasil, assim como observar quais são as vantagens e prejuízos, além de identificar oportunidades de promoção do turismo no país. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, com intervalo de confiança de 95%.

Fonte: Agência Brasil

Outros Posts

Os barcos mais legais do mundo para se hospedar

La Long, Vietnã

A menos que você seja um marinheiro, um pescador ou um intérprete de cruzeiro em tempo integral, passar a noite em um barco é uma forma diferente de descansar. A brisa é fresca, as vistas são bonitas e você consegue experimentar um destino de uma perspectiva única. Portanto, se você gosta de barcos peculiares ou luxuosos, ancorado em um porto ou navegando, a Booking.com, fez uma lista dos hotéis em barco mais bem avaliados no mundo todo. Todos a bordo!

Ha Long, Vietnã
No Aphrodite Cruises, luxo é a palavra de ordem. Os funcionários são muito simpáticos e fazem com que você se sinta como um cliente VIP desde o momento em que você pisa a bordo. As refeições exuberantes deixam os apaixonados por gastronomia simplesmente maravilhados. Alguns dos quartos vêm com banheira de hidromassagem e terraço, para que você possa mergulhar no mar com total privacidade – caso contrário, as vistas panorâmicas do convés também são muito boas.

Amsterdã, Países Baixos


O Houseboat Ms 3 Gebroeders é o lugar para ficar se você quiser experimentar a autêntica vida em barcos de Amsterdã. Bem no centro da cidade, não há nada melhor do que fugir da multidão turística e tomar um drink no convés. Monique, a anfitriã extremamente simpática, abastece a geladeira com vinho, cerveja e lanches gratuitos, e combina cada café da manhã com suco de laranja natural.

Veneza, Itália


Este iate clássico deixará os amantes de barcos com os olhos brilhando. O Yacht Bert Venezia é um luxuoso iate de 30 metros, ancorado na Marina de Sant’Elena, com 6 cabines elegantemente climatizadas com vista para a Lagoa de Veneza e o Lido. Há 3 decks onde os hóspedes podem desfrutar do café da manhã. O iate está ancorado a uma distância ideal da Praça de São Marcos para garantir que o único som que você ouça seja o do mar.

Alleppey, Índia


Não existe uma melhor maneira de explorar os remansos pacíficos de Kerala do que a kettuvallam – uma casa flutuante tradicional feita de madeira e óleo de peixe. Os grandes e lindos barcos do Xandari Riverscapes flutuam ao longo das margens do Lago Vembanad, oferecendo uma experiência que só pode ser descrita como poética. Todas as refeições estão incluídas.

Sheffield, Reino Unido


Os acolhedores barcos do Houseboat Hotels estão ancorados em Victoria Quays de Sheffield, a apenas 5 minutos a pé do centro da cidade. Cada barco oferece uma cozinha totalmente equipada e pode acomodar até quatro pessoas, por isso é uma ótima opção para as famílias – e as crianças vão adorar observar os peixes e patos nadando no canal. Toques extras, como um sistema de música, jogos de tabuleiro e uma área exterior decorada com luzes de fadas tornam este lugar muito especial.

Suisun City, EUA


Ancorado em Suisun City, a decoração clássica do Barkissimo Yacht Hotel fará com que você se sinta como um capitão do navio. Pense em mobiliário elegante em madeira, vistas panorâmicas e um café da manhã gourmet diário de 3 pratos. Os hóspedes que precisam de relaxamento podem visitar o bar de vinhos no convés superior ou se refrescarem na banheira de hidromassagem disponível em quartos selecionados.

Genebra, Suíça


Os quartos modernos do Floatinn Boat-BnB vêm com uma vigia de frente para o Lago de Genebra, para que você não perca sequer um centímetro da famosa fonte de água Jet d’Eau. A propriedade oferece um terraço no convés e é um favorito entre os hóspedes da Booking.com, provavelmente pelo serviço cordial e vistas panorâmicas.

Outros Posts

Yoga a bordo do maior veleiro do mundo

Royal Clipper

Não bastasse a empolgante experiência de velejar pelo Caribe a bordo do maior veleiro do mundo, o Royal Clipper, a Star Clippers – conhecida por recriar os tempos áureos da navegação em suas embarcações – ainda acrescenta momentos de relaxamento aos navegantes e proporciona aulas diárias e gratuitas de yoga e meditação durante as viagens. A prática acontece no deck do barco, com experientes professores e um cenário espetacular como pano de fundo, sob milhares de metros quadrados de velas ao vento.

A Star Clippers oferecerá as aulas de yoga duas vezes ao dia em roteiros selecionados, sendo a segunda prática sempre sob a luz do pôr do sol. O próximo roteiro contará com a instrutora Catherine Derrow, que dará aulas abertas a todos os níveis de praticantes. Professora de yoga e meditação e personal trainer com experiência de mais de 20 anos na área de saúde e bem-estar, Catherine ensina diferentes modalidades de acordo com a necessidade de seus alunos.

O roteiro de 7 noites, de 9 a 16 de dezembro de 2017, sai de Barbados e passa pelas ilhas Granadinas, São Vicente, Martinica, Santa Lúcia e termina em Barbados. 

Aula de yoga

Sobre Star Clippers

A Star Clippers opera três das maiores e mais altas embarcações a vela do mundo. Visitando portos muitas vezes intocados por cruzeiros de grandes navios e oferecendo aos passageiros atividades, instalações e atmosfera de um iate privado. A Star Clippers é reconhecida por seus cruzeiros realizados com veleiros exclusivos.

Os passageiros desfrutam do romantismo de velejar a bordo de um verdadeiro grande veleiro em uma atmosfera relaxada, com altos padrões de serviço, providenciado pela atenta tripulação. Todas as três embarcações possuem decks expansivos em teca, piscinas, sala de refeições informais, bares tropicais conviviais localizados nos decks e piano lounges. Eles são largos o suficiente para oferecer acomodações de primeira classe, mas pequenos o suficiente para ancorar em portos intocados por grandes navios de cruzeiros.

 

Outros Posts