Caminho de Santiago terá oficina em São Paulo

Caminho de Santiago

País já ocupa a 11ª posição no ranking de nações que mais enviam peregrinos para o Caminho de Santiago, rota  que cruza o norte da Espanha

Você trocaria o conforto de casa, os seriados favoritos, as facilidades do delivery, o happy-hour do fim do dia com os amigos para caminhar, todos os dias, cerca de 25 quilômetros em um país estranho? Parece loucura, mas essa foi a opção de 4.365 mil brasileiros que, em 2016, fizeram o Caminho de Santiago de Compostela, na Espanha. Em 2012, esse número era de 2.229 – um aumento de 98% em apenas cinco anos.

De acordo com dados da Catedral de Compostela, o Brasil passou da 13ª para a 11ª no ranking de países que mais enviam viajantes para a rota que tem, no total, cerca de 800 quilômetros (Caminho Francês). “O Caminho de Santiago não é uma viagem, é um projeto de vida. Ao longo de 30 dias, o peregrino tem a oportunidade de buscar-se a si mesmo. É a forma com que muitas pessoas recorrem para virar a página e encontrar novos significados para suas vidas”, diz Daniel Agrela, autor do livro O Guia do Viajante do Caminho de Santiago.

Para esclarecer as dúvidas de brasileiros que querem fazer o Caminho de Santiago, Agrela ministrará a terceira edição da Oficina Para Peregrinos, nos dias 7 e 8 de outubro em São Paulo. “O objetivo é detalhar as informações sobre a rota para que o viajante possa aproveitar ao máximo esse período sabático. Como é sabido, a viagem tem uma complexidade: é preciso, em média, 30 dias para percorrer todas as etapas. Para isso, é necessário estar preparado”, explica Agrela, que já realizou duas vezes o Caminho.

De acordo com ele, o curso abordará temas de grande preocupação dos interessados em fazer o Caminho. São eles: planejamento financeiro para realizar a viagem, como é o dia a dia, em que época do ano ir, onde dormir, qual a melhor forma de se alimentar, o que levar na mochila, além de diversas questões relacionadas à segurança e infraestrutura do trajeto.

Caminhada preparatória

No último dia da oficina os participantes poderão ter a experiência de sentir um pouco do que encontrarão no Caminho de Santiago. “Faremos uma caminhada preparatória de 10 km em área de Mata Atlântica preservada em São Paulo. O objetivo é dar dicas práticas de como enfrentar os muito quilômetros diários da rota de Compostela, além de apresentar um pouco da atmosfera que se pode sentir na peregrinação”, comenta Agrela.

Serviço:
Oficina Para Peregrinos
Datas: 7 e 8 de Outubro
Valor: R$ 549,00

Sobre o Caminho – O Caminho de Santiago começou a fazer história quando, há doze séculos, foram encontrados os restos mortais do apóstolo Tiago – que hoje estão depositados na igreja da cidade de Santiago de Compostela. Em 1987, esse trajeto foi declarado Primeiro Itinerário Cultural Europeu e, mais tarde, Patrimônio da Humanidade. Hoje deixou de ser um roteiro percorrido apenas por religiosos e passou a fazer parte do destino de pessoas que têm como foco o autoconhecimento.

Sobre o autor
Daniel Agrela é viajante profissional. Formado em jornalismo, iniciou sua vida de mochileiro em 2002. Apaixonado por viajar e escrever usa o faro de repórter para descobrir novas culturas pelo mundo e as retrata em seus textos. De todos os destinos já explorados por ele, o mais marcante e revelador foi à rota de Compostela, motivo pelo qual O Guia do Viajante do Caminho de Santiago – uma vida em 30 dias é seu livro de estreia. Percorreu o Caminho de Santiago (Caminho Francês) duas vezes.

Outros Posts

Emirates retorna com seu serviço de Iftar para o Ramadã


O serviço de Iftar da Emirates para os passageiros durante o Ramadã está programado para iniciar em 27 de maio, coincidindo com o início do mês sagrado. Estas refeições especiais, feitas para quebrar o jejum após o pôr-do-sol, estarão disponíveis para os passageiros de todas as classes em voos selecionados da companhia, incluindo voos de e para a região do Golfo, bem como voos com catering especial para grupos que estejam realizando a Umrah, viajando para Jidá e Medina durante o mês de Ramadã.

O Iftar da Emirates é colocado em uma caixa com design árabe inspirado na região e oferecerá aos que estão em período de Ramadã uma maneira conveniente de desjejum, com uma refeição nutritiva e balanceada. Ainda que a companhia tenha o catering para o paladar global, os menus de Iftar são cuidadosamente projetados com um sabor do Oriente Médio. O Iftar inclui opções como frango za’atar com hummus, espinafre, queijo halloumi, sanduíches de pepino e doces tradicionais, como maamoul e macadâmias, bem como iogurte. Os menus serão atualizados durante o Ramadã.

A Emirates utiliza uma ferramenta para calcular corretamente o momento de Imsak (horário em que se deve iniciar o jejum) e também do Iftar durante um voo. A ferramenta calcula os horários do Ramadã usando a longitude, a latitude e a altitude da aeronave, tendo a máxima precisão possível a bordo. Quando o sol se põe, os passageiros são informados do horário do Iftar pelo capitão. Esta ferramenta foi desenvolvida para complementar o folheto produzido anualmente pela Emirates sobre os horários para o Ramadã, disponível em todos os voos.

Água e bandejas de macadâmias, que são simbólicas para o Ramadã, também são oferecidas nos portões de embarque, permitindo que os passageiros quebrem o jejum antes de embarcar, ou durante o embarque no Aeroporto Internacional de Dubai, no Terminal 3, bem como em outros destinos da companhia. Durante o mês sagrado, refeições frias serão servidas em substituição às refeições quentes em todos os voos para Jidá e Medina, incluindo voos de dia para a Umrah.

O sistema de entretenimento da Emirates, ice, conta com programas religiosos incluindo Men Raheeq Al Iman, Men wahe Al Bayan e Tafseer Al Quraan, bem como documentários em inglês intitulados And Sanctify My House e Mecca Clock Tower.

Outros Posts

Alentejo tem roteiro com igrejas históricas e arte sacra

Igreja Nossa Senhora da Assunção

O Alentejo possui diversas riquezas culturais, que vão desde suas paisagens singulares aos seus monumentos trabalhados em mármore, atraindo turistas do mundo inteiro. Com a maioria de sua população cristã, Portugal é considerado um dos principais destinos para os praticantes do turismo religioso, e o Alentejo é parte fundamental de um tradicional roteiro de fé.

Confira os principais lugares que não podem ficar de fora da sua viagem:

Igreja Nossa Senhora da Assunção, antiga Sé de Elvas
Desenhada por Francisco de Arruda em 1517 e situada na Praça da República, em Elvas, foi sede episcopal até o século XIX. Seu design chama a atenção principalmente por suas portas laterais manuelinas, a capela mor barroca e os altares barrocos de talha dourada e de mármore. A sacristia e o órgão de tubos dão um tom temporal a esta bela e antiga construção. Anexo a este templo, é possível visitar também o museu de arte sacra.

Convento dos Congregados em Estremoz
Não deixe de visitar o Convento dos Congregados em Estremoz, que fica a apenas 40 minutos de Évora. Sua rica história encanta os turistas que passam pela conhecida “Cidade Branca” do Alentejo. O lugar foi construído no século XVI e usado como um palácio. Só em 1968 tornou-se o Convento da Congregação do Oratório de São Felipe Nery. Sua fachada é trabalhada em belíssimo mármore rosa e seus azulejos são dedicados à vida e milagre de São Felipe. Atualmente, também abriga a Câmara Municipal, a Biblioteca e o Museu de Arte Sacra.

Convento dos Congregados

Museu de Arte Sacra de Moura
Aberto ao público desde 2004, o Museu de Arte Sacra da cidade de Moura está localizado na antiga Igreja de São Pedro, edifício que conta com um fascinante revestimento de azulejos do século XVII em seu interior. As exposições exibem, em sua maioria, o patrimônio eclesiástico, com centenas de peças que marcam o caráter devocional e litúrgico a fim de demonstrar as tradições religiosas da região.

Catedral de Évora
Destacando-se por sua silhueta na paisagem urbana, o local também é conhecido como a Sé de Évora, mas seu verdadeiro nome é Basílica Sé de Nossa Senhora da Assunção, sendo a maior catedral medieval do país. Sua construção teve início em 1186, mas só foi finalizada em 1250. A estrutura é toda em granito, marcada pela transição do estilo romântico para o gótico. O templo possui um belo crucifixo chamado de “Pai dos Cristos”, que se encontra acima da pintura de Nossa Senhora da Assunção, estátuas alegóricas dos bustos de São Pedro e São Paulo e um espetacular órgão do período renascentista.

Catedral de Évora

Igreja Nossa Senhora da Anunciação em Mértola
A peculiar Matriz de Mértola fica bem próxima ao castelo da cidade, no declive da colina. Datada do século XII, foi construída para ser uma mesquita – lugar de culto dos religiosos islâmicos – e adaptada como igreja cristã durante a Reconquista. Por isso, ainda se notam os diferentes estilos utilizados na edificação: mulçumano, gótico, manuelino e renascentista. Entre as modificações, o altar principal foi deslocado para a parede na direção norte e o qibla, que indicava a direção para Meca, foi retirado.

Igreja Nossa Senhora da Anunciação em Mértola

Ermida Nossa Senhora de Guadalupe em Serpa
Em meio às belas paisagens da serra de São Gens, a Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe fica a apenas dois quilômetros de Serpa e exibe arquitetura simples, sem riquezas decorativas, e com estilo mudéjar típico da Península Ibérica. O pequeno refúgio abriga a imagem da santa padroeira que é homenageada em uma grande festa promovida para a chegada da primavera, que tem início na Páscoa e dura cinco dias. O evento contempla procissões, desfiles e missas.

Ermida Nossa Senhora de Guadalupe

Festival Terras Sem Sombras
Até 01 de julho de 2017, o festival de música sacra Terras Sem Sombras leva variadas apresentações de artistas internacionais a oito cidades portuguesas. Sua 13ª edição traz o tema “Do Espiritual na Arte: Identidades e práticas musicais na Europa dos séculos XVI-XX” e os concertos ocorrem majoritariamente em igrejas, sendo uma excelente adição ao seu roteiro religioso pelo Alentejo. Confira a programação completa no site http://festivalterrassemsombra.org/.

Sobre o Alentejo
Considerado o destino mais genuíno de Portugal, o Alentejo é a maior região do país. Privilegiando um lifestyle tranquilo em que a experiência de viver bem dá o tom, conta com belas praias intocadas e cidades repletas de atrações ímpares, como castelos e monumentos históricos. Detentor de três títulos da UNESCO e diversos outros prêmios e reconhecimentos internacionais no setor do turismo, o Alentejo oferece opções para todos os tipos de viajantes, sejam famílias, casais em lua de mel ou aventureiros. Para mais informações, visite www.turismodoalentejo.com.br.

 

Outros Posts

Turismo do Chile lança aplicativo com informações das Igrejas de Chiloé

Uma das belas igrejas da ilha chilena

O Serviço Nacional de Turismo do Chile (Sernatur) lançou o “Ruta de las Iglesias” (“Caminho das Igrejas”, em português), um aplicativo para celular com dados históricos e turísticos de 16 igrejas de Chiloé. Este novo app permite ao turista acessar mapas e informações úteis para visitar as rotas, facilitando assim o planejamento de sua viagem. 

O “Ruta de las Iglesias” contém mapas para download, elementos gráficos, vídeos e guias de áudio disponíveis em Espanhol e Inglês. O conteúdo do aplicativo destaca as igrejas de Rilán, Castro, Achao, Tenaún, San Juan, Dalcahue, Colo, Quinchao, Vilupulli, Aldachildo, Ichuac, Detif, Chonchi, Nergón, Caguach e Chelín. Além disso, o aplicativo funciona sem acesso à Internet. O app está disponível para as plataformas Android e iOS. 

As Igrejas de Chiloé foram declaradas Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Entre as construções estão algumas das mais antigas obras em madeira do planeta, as quais foram erguidas durante o século XVII para servir à evangelização do mundo novo. Elas unem o desenho espanhol com as técnicas e materiais próprios da ilha, e destacam uma arquitetura única na América.

Outros Posts